Viver essa tal solidão pode ser prazeroso!!


Faz tempo que não venho aqui, passo dias sem saber o que postar de interessante e novo para vocês. Mas cá estou, falando sobre um assunto que talvez não faça nenhum sentido e não interesse muitos. Mas de uns anos pra cá aprendi que as palavras de certa forma tem o dom de curar. Sim, elas têm um poder que muitas atitudes não jamais terão.

Em mais um dos meus momentos perdidas nos pensamentos me pego com vontade de ler a página de hoje do livro: Staying Strong 365 dias do ano - Demi Lovato.   Vale lembra que não são todos os dias que leio, mas sempre que meu coração pede, eu leio, e cada página me marca de uma forma surreal. São tapas e tapas que levo sempre que leio.

Enfim, gostaria de compartilhar-lo com vocês e deixar minha opinião aqui.



9 de Abril

Acho muito saudável ficar um pouco sozinho.
 Você precisa saber ficar sozinho e não ser definido por outra pessoa.
- Olivia Wilde



Nem sempre é fácil ficar sozinho. Quando passei a usar melhor meus momentos de solidão, não só ficou mais fácil como comecei a gostar deles. Seja você introvertido ou extrovertido, é muito importante encontrar a paz e a alegria no tempo que passa sozinho. Quando conhecemos a nós mesmos longe dos outros, nos tornamos mais fortes e melhoramos como amigos e como pessoas. 


Objetivo: Encontre conforto em ficar sozinho com seus pensamentos. 



Hoje lendo isso me veio tantas coisas na cabeça. Lembro por exemplo, das vezes que ouvimos aquela frase clichê Vai viver!! Namorar. E acreditamos que só encontraremos a tal felicidade quando estivermos rodeada de pessoas, ou até mesmo com um namorado. Quando na verdade, isso não passa de uma ilusão. Ilusão que a sociedade implantou nas nossas cabecinhas manipuláveis. 

Foi-se o tempo em que essas coisas me atingiam. Com o passar dos anos, percebi que viver bem comigo mesma sem depender de ninguém, faz muito bem. Viver essa tal solidão é prazeroso, te leva a conhecer seu interior, te torna uma pessoa melhor de verdade.  Entendi que nem sempre estar rodeado de pessoas e falar com todo mundo te torna "sociável" e nem sempre ser reservado e não falar com todos, te torna "bicho do mato" ou "anti social".


Hoje me pergunto: Por quê não posso ser feliz desse jeito? Por quê só vou ser feliz quando tiver namorando? É errado ser diferente?


Eu encontrei conforto em ficar sozinha com meus pensamentos, encontrei prazer em ser exatamente como sou. 
E você?

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Passando pela net encontrei o seu blog, estive a folhear achei-o muito bom, feito com muito bom gosto.
    Tenho um blog que gostava que conhecesse. O Peregrino E Servo.
    PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais faça-o de forma a que eu possa encontrar o seu blog para o seguir também.
    Que haja paz e saúde no seu lar.
    Com votos de saúde e de grandes vitórias.
    Sou António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir